25 de set de 2015

Alimentação Viva e regeneração: as mensagens da terra criativa


A terra viva, sempre grávida e sempre fértil… é cheia de histórias para contar!

Criamos esta postagem para falar um pouco sobre a força da regeneração. Uma sabedoria que a natureza utiliza para renovar a harmonia através do tempo.

Um corpo são é capaz de autocura!

É vida manifesta perpetuando e progredindo diante do curso de acontecimentos que aparecem para nos tornar mais fortes e vibrantes.

O corpo são é um corpo vivo, desperto e nutrido pela alegria colorida da Mãe Natureza!



Alimentos vivos, coloridos, criativos e alcalinos!


Cada vegetal nascido em terra fértil é fruto magnífico da criatividade presente na natureza.

Os alimentos alcalinos são as respostas que a terra criativa inventou para organizar o ambiente corporal com a força da vida! Além de nos alimentar, eles ainda possuem a função de repovoar nossas florestas internas, especialmente pelo consumo de sementes germinadas, brotos, vegetais crus in natura e fermentados.
 

Para a terra criativa, harmonia é um estado permanente. Sua mensagem é que: a vida vem da vida, sempre! Aqui comunicação é fluída. Não demanda rótulos nutricionais, nem suplementações. Encontra felicidade e identidade em tudo o que está por perto. Simplesmente, porque tudo é bom para tudo!

Nos registros ancestrais da Humanidade, há uma busca intuitiva por este estado original de harmonia! Este registro somos nós e essa busca permanece descrita na memória celular adormecida em nossos corações! Resgatá-los é aprender o caminho de volta para casa, de uma forma inovadora e criativa.
 
Uma das funções da Alimentação Viva é revelar estes registros vivos que carregamos internamente, há milhares de anos. Acordar o coração é nos devolver à busca natural por alimentos alcalinos e por tudo o que colabora para o processo de desintoxicação e regeneração natural do corpo (físico, mental, espiritual, emocional).

Por uma vida mais alcalina e menos superficial...


Alcalinidade é sinônimo de criatividade em um mundo de bioinformações vivas espalhadas por todo canto. Alimentos alcalinos são os frutos, folhas, sementes e raízes, vegetais crus in natura, desidratados ou fermentados, sempre dispensado o fogo e o resfriamento! Alimentos alcalinos também são pensamentos elevados, estados meditativos que buscam sensações de leveza, calma, serenidade e aceitação.

Estilos de vida e hábitos alimentares mais alcalinos proporcionam mais diversidade e complexidade nos organismos humanos, a fim de facilitar-lhe os processos de regeneração!!! Essa é a lógica da natureza (ou a sua intenção para conosco)...

Quanto mais vegetais crus, coloridos, frescos, autênticos, diversos e, de preferência, agroecológicos, mais ricas serão suas florestas internas. Mais forte o seu equilíbrio orgânico, emocional e mental!!!

Quanto mais ar puro, água potável, banhos de sol, meditação, caminhadas na natureza, mais forte será a sua identidade biológica e ancestral!!!

Todavia, hábitos da vida moderna nos afastam, cada vez mais, da lógica da regeneração. Esterilizamos grande parte da biodiversidade existente em nós, desde o primeiro minuto em que nascemos: cosméticos, produtos de limpeza, conservantes, acidulantes, estabilizantes, aromatizantes artificiais, antibióticos, antinflamatórios, analgésicos, alimentação sintética, água clorada...

Tudo isso retira a confiança em nós mesmos e nos afasta da força intuitiva que indica o caminho da autocura. Tudo o que desconecta nosso caminhar interior, conduz ao "desaprendizado".

Quando abandonamos a capacidade inata de relacionar-se com o imprevisível, trocamos autoconsciência e segurança diante dos processos de limpeza internas por medo.

Esta postagem é para auxiliar o entendimento de quem está aprendendo a dialogar consigo mesmo em situações de crise...

A sensibilidade para compreender (e aceitar) 

quando é possível deixar o rio da vida seguir o seu curso


 

A parte mais interessante de estar em sintonia com as forças da natureza, é que quando alcalinizamos, encontramos uma intimidade corporal que permite interpretar sentidos e sensações. Em determinados momentos, permitimos nos compreender como partes do processo dinâmico de construir e reconstruir a vida.


Afinal, nada é estático em nós! Sofremos perdas, nos recompomos. Somos feridos, cicatrizamos. Sorrimos, choramos. Adoecemos, re-generamos.

Em organismos saudáveis, desorganizar-se é uma oportunidade de encontrar soluções e redescobrir-se. Momento de recorrer à sadia biodiversidade de vida para restabelecer o equilíbrio original de forma criativa.

Sejamos consciente de que a palavra "re-generar", vem do latim gênese: voltar à origem de forma criativa. É permitir que a natureza resgate a sua forma originária, de modo inteligente e espontâneo.

E tem mais! Ao permitir ser quem nunca foi antes, o ambiente se fortalece em vez de enfraquecer. Regenerar-se é criar oportunidades para renovação, em elevada cooperação no compasso da rede das informações sensíveis!...

Curar é transformar a si mesmo. Significado da palavra autotranscendência!


O nome da MEDIcação? 
tempo, repouso, silêncio, água, sol, respiração consciente, MEDItação e intenção.

Jejuns de líquidos (sucos ou sopas coadas ou shakes de frutas, ambos com sementes germinadas) também são opções de descanso corporal que ativam canais internos de cura. Essa prática auxilia o corpo a se concentrar ainda mais nas funções de eliminação, especialmente, em substituição às refeições do café da manhã ou jantar...

Um corpo nutrido de vida é capaz de reunir todas as suas reservas energéticas para deixar fluir os fluxos internos e libertar-se dos excessos, desequilíbrios e obstruções internas.

Dispensar recursos externos que colaboram para a sua desconexão e desfazimento dos estados de presença. Co-evoluir, em elevada cooperação, no compasso da rede de informações sensíveis existente nesse Planeta!

Quando você conhece o corpo, você confia nele.
Quanto mais você se conhece, mais você se inventa.



Desse modo, quanto mais comemos alimentos vivos, mais alcalinizamos nosso corpo, inaugurando um novo modelo de vida e uma nova forma de compreender as mensagens da terra criativa.

No tema regeneração, destaca-se a importância de uma complexa diversidade de vida como fator fundamental e indispensável para regular o equilíbrio dos sistemas vivos. Isso explica a imensa fartura de criatividade colorida presente na natureza!

Fomos criados à imagem e semelhança de nossas paisagens… 

Enxergar universalidade nos padrões de organização que regulam a natureza, resgata a nossa Unidade com ela. É assim que funciona com o nosso corpo também... Somos UM!


Observe as paisagens das mais belas florestas tropicais e perceba:

 UNIDADE na BIODIVERSIDADE. 

Em espaços vivos organizados, existe um equilíbrio mais próximo do PH alcalino (e menos próximo da acidez). A alcalinidade é um fenômeno que desencadeia biodiversidade de informações e espécies vivas.

Esta é a mensagem da natureza para nós: quanto mais elevados os padrões de diversidade, mais fácil será para que a vida se organize, se multiplique e se regenere.


Herdamos a capacidade de regeneração da nossa Mãe Natureza? 

Diversas espécies co-existindo em sofisticados padrões de relacionamento, a produzir um equilíbrio dinâmico capaz de gerar, por si só, autoregulação, regeneração e cura do ambiente como um TODO.

Então, onde mora a nossa biodiversidade? 


Ora, você nunca pensou no seu corpo como um ecossistema habitável por colônias de microorganismos vivos? Uma flora e fauna riquíssimas presentes nos intestinos, na diversas camadas da pele e epiderme, saliva, circulação do couro cabeludo...

Vivemos em um complexo e inteligente ecossistema natural, chamado corpo! A principal diversidade de vida que habita em nós é, também, responsável por interpretar, regular e organizar situações de desequilíbrio. Além de manter a sua imunidade em dia.

Quanto maior o equilíbrio e a biodiversidade, mais organização, força e empoderamento restarão presentes para que possamos lidar com o corpo em situações de crise.

Coma mais alimentos vivos, para manter essa biodiversidade em dia! rs

Que a memória das nossas origens ancestrais desenhadas na Matriz da Vida... sejam re-conectadas por meio de sementes!

Que possamos regenerar florestas, internas e externas, para que retornemos às nossas origens com muita criatividade!

Um beijo de felicidade!

Aline Chaves
Pesquisadora dos ciclos alimentares e alquimista de vegetais vivos

Alimentação Viva: um outro estilo de viver

Afinal, o que é Alimentação Viva para você?  Para nós, não se trata de um hábito alimentar, muito menos de uma dieta. A Alimentação...

Jovens postagens

.

O conteúdo deste blog é ofertado aos leitores que desejam aprimorar-se nas práticas da Alimentação Viva e inspirar-se no estilo de vida ecológico.

Agradeço de profundo coração os compartilhamentos que CO-LABORAM para divulgar este trabalho, citando as respectivas fontes e autoria!

Aqui mora um pequeno resumo dos muitos anos dedicados à pesquisa, onde uso o meu próprio corpo como experimento.

Peço gentilmente que não utilizem as nossas publicações para fins comerciais. Só porque não vale à pena promover-se financeiramente às custas do esforço e criatividade alheios.

A Vida vem da Vida!

Com carinho,

Aline Chaves
A moça que planta nas panelas

Licença Creative Commons
Panelas de Capim de Aline Almeida Chaves está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.
Baseado no trabalho disponível em http://panelasdecapim.blogspot.com.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

O que tem dentro das Panelas de Capim?